Plantão
Nova Mamoré

Notícias de Rondônia - Trabalhadores Venezuelanos foi resgatado em trabalho escravo

Publicado dia 11/06/2020 às 16h40min | Atualizado dia 11/06/2020 às 22h01min

Operação denominada “Ventre Livre”, em alusão a uma gestante que estaria entre os resgatados.

Notícias de Rondônia - Ação deflagrada após denúncia encaminhada a diversos órgãos públicos  sobre uma possível prática de crime em que estrangeiros seriam sustentado em situação parecida a trabalho escravo em uma propriedade rural

Na Quarta Feira dia dez de 2020, porem em uma manha a Polícia Federal em ação  conjunta com o Ministério Público do Trabalho, Ministério do Trabalho e Emprego e com apoio da Força Nacional e CREAS do município de Nova Mamoré realizaram uma operação de resgate de trabalhadores estrangeiros  em situação parecido a trabalho escravo no distrito de Jacinópolis, municipio de Nova Mamoré-RO.


Leia Mais Notícias de Rondônia - Supremo Tribunal Federal, 'acima de todos' acima de lei?


 

A Articulação entre estes órgãos para uma operação de fiscalização in loco visando coibir esta prática muito comum que ocorre com estrangeiros no interior de nosso país.

O relatório da Polícia Federal aponta que os mesmos trabalhava em situação caótica e sem nenhum arquivo que consta no sistema do ministério do trabalho.

E além de descontar em seus salários, não estava recebendo a meses, entre as cinco pessoas resgatada estava uma mulher gravida e um menor de 11 anos, de acordo com a denuncia o menor trabalhava em lavoura de maracujá naquela propriedade.


Leia Mais Notícias de Rondônia - IBAMA tocando o terror na Ponta do Abunã - Por Antonio Maia


No ambiente foram encontrados vários fracos de veneno e equipamentos de aplicação, mas nenhum equipamento de proteção individual para os trabalhadores. 

 Diante de fazer o levantamento do local por fiscais do MTE e com diálogo com os trabalhadores, foi feito o resgate dos mesmo, com a ajuda do CREAS da cidade de Nova Mamoré, e encaminhou para um lugar protegido e aguardam a resolução e ser  restabelecido na área do mercado de trabalho em condições favoráveis e protegido por leis do trabalho.

   

O dono da propriedade foi localizado e segundo ele em declarações, afirmou que ter acolhido esses trabalhadores vindo de outro proprietário rural da capital de porto velho, e os mesmo não havia nenhum registro em CTPS, e supostamente trabalharia em divisão de lucros da produção agrícolas, também citou que diante da situação da pandemia estava passando por crises financeiras. finaliza.

Sendo assim os fatos, o resgate foi feito dos trabalhadores e o proprietário poderá responder a justiça pelo o suposto praticado.  

 

Fonte: diariopopularro.com.br com da Polícia Federal em Rondônia/RO